terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Resenha: TALVEZ UM DIA





Sinopse: Sydney e Ridge se conheceram de suas respectivas varandas. Ele tocava violão todos os dias, e ela gostava de ficar ouvindo.

Um dia, Ridge descobriu que Sydney tinha escrito uma letra para sua música. Ele pediu que ela lhe enviasse por  SMS e, depois de muita relutância da garota, viu que a letra era perfeita para aqueles acordes.

Sydney era uma ótima compositora. E Ridge precisava do seu talento.

Depois de uma reviravolta na vida dela, os dois têm a chance de compor juntos. Mas vão acabar descobrindo uma atração muito grande surgindo entre si. E suas vidas não estão prontas para que sejam um do outro, agora.

Bem, talvez um dia.


Sydney, uma garota quase independente, tem um namorado Hunter, é o cara certo, com quem passaria o resto da vida, ela divide um apartamento com sua melhor amiga Tori.
 Todos os dias por volta das oito da noite, ela vai pra sua varanda e a ficava observando  Ridge, que é um cara lindo que mora no prédio em frente ao que Sydney ficava. 

 

“Já faz algumas semanas que o cara do apartamento do outro lado do pátio se senta na varanda e toca por pelo menos uma hora. Eu sempre estou sentada do lado de fora para ouvir.”

 

Que também pontualmente todas as noites, sentava na varanda e tocava seu violão. Suas melodias eram únicas e Sydney se viu criando letras para aquelas melodias.
E com o passar dos dias ele vê que ela gosta de suas melodias e resolve chamar a atenção dela escrevendo em um papel pedindo pra ela passar a letra da musica que ela cantava só ouvindo o som do que ele tocava. Ela um pouco relutante acaba cedendo e trocam mensagens por telefone.


"Isso pode soar um pouco cruel, mas essa garota não faz ideia de como necessito dela. Agora que tenho certeza de que encontrei minha musa, preciso me esforçar para que não escape de mim."

 

Prestes as fazer 22 anos de idade Sydney acha que sua melhor amiga e seu namorado estão tramando alguma surpresa para o seu aniversário, mas infelizmente esse dia é marcado por ela descobrindo que esta sendo traída pelos dois.
Sua primeira reação foi dar um soco na cara de Tori e sair porta afora com as suas malas.  Sydney  na mesma noite, perdeu seu lar, o namorado e a melhor amiga.

Magoada como nunca, Sydney encontra abrigo na casa de Ridge, que vem enfrentando um bloqueio criativo, e, quando descobre que Sydney é capaz de escrever letras de músicas incríveis, não pensa duas vezes em oferecer hospedagem a ela em troca de auxílio com as composições.


“Não quero sentir o que sinto quando olho pra ele. Não gosto de como a cada minuto que passo com ele, me sinto mais e mais como uma Tori.”



Os dois fazem uma maravilhosa dupla, Sydney e Ridge possuem uma relação única. É impossível não se apaixonar por eles, pelo laço sincero e verdadeiro que os une, pela amizade e companheirismo, e pelo amor que eles tentam com todas as forças esconder

“Há algo sobre estes momentos quando estamos escrevendo as letras que eu absolutamente amo. Todas as minhas preocupações e pensamentos sobre tudo de errado na minha vida parecem ir para longe no pouco tempo que escrevemos juntos. É bom.”

 
Mas um baque deixa Sydney mais uma vez sem reação. Ridge tem uma namorada Maggie há quatro anos  ela vive em outra cidade mas se falam todos os dias por mensagens e ele a ama. Serão eles capazes de resistir a essa tentação?



“Não importa como eu me sinto sobre você ou o quanto eu acho que poderíamos funcionar, eu nunca, nunca a deixaria. Eu a amo.”



Esse é o segundo livro que leio da Colleen, posso dizer ela é maravilhosa. Não tem como não se apaixonar por tudo que ela escreve. 

Beijos Carinhosos 

2 comentários: