terça-feira, 25 de julho de 2017

RESENHA: OUR FALL






Para Quinn Portman ser a garota perfeita nunca foi um sacrifício. Filha de um militar respeitado nos Estados Unidos, irmã e amiga atenciosa, estudiosa e responsável, ela só pensa em deixar os pais orgulhosos de suas escolhas. Sua vida sofre uma reviravolta explosiva quando James Ridley cruza seu caminho. Corpo esguio, sorriso sagaz e um olhar que parece querer desvendar tudo, mas não revela absolutamente nada. Sem conseguir resistir aos encantos misteriosos do homem atraente que a cerca, Quinn ignora os sinais que ele lhe dá a respeito do seu passado e garante que não há nada que ela possa esperar dele no futuro. James vai fazer com que os princípios inabaláveis de Quinn se tornem seu pior pesadelo. Se a verdade é o estopim para a queda, ele se aproxima.


Quinn Portman, é uma adolescente quase perfeitinha tem uma família linda. É uma ótima aluna com as melhores notas,  é a   melhor amiga de Clayne e Maggie. Sua vida vira de cabeça para baixo, quando em sua escola entra um novo professor de literatura Sr. Ridley, ele mexe com os sentimentos dela, um amor platônico tudo proibido, além dele ser o professor, esta quase com o pé no altar.  Tirando que o seus pais que eram um verdadeiro casal, tipo até que a morte nos separe, estão separandos, seu pai arrumou outra família.
Sem cabeça para focar nos estudos, suas notas  começam a cair drasticamente, até que o próprio Sr. Ridley se oferece para lhe dar aulas particulares. Ai que tudo começa....

"Ele não tinha esse direito de mexer comigo tão fundo sem nem ao menos fazer esforço."

Por outro lado temos, James Ridley, o professor de literatura um homem lindo, extremamente sedutor...porem muito misterioso, com um passado tenebroso. Esta noivo da Linda Bradley uma loira gatissima. Mesmo sabendo disso Quinn, não consegue tirar Ridley dos seus pensamentos.
 Alice é  a irmã mais nova de Quinn. Ela tem apenas sete anos. É uma fofura ver como Quinn cuida da irmã, faz de tudo para vê-la feliz. Tenta proteger a irmã das burradas que o pai delas anda fazendo.

"Do nada eu me tornei uma figura visível e importante no seu dia a dia.
O fato de ele ser mais velho e meu professor... fazia dele um criminoso
e eu o seu crime perfeito."

Essa história vai além de  um simples romance, temos também bastante suspense e aquele tchan  a mais, sabe aquela pitada hot picante....  que me fez por muitos momentos dar na cara do Ridley e dizer para Quinn acordaaaaa menina, ele não é pra você. Só que as vezes Ridley tratava ela com tanto carinho, que de repente eu amava ele, na verdade ficamos naquele jogo de gato e rato.
"O amor era aquilo, pelo menos para mim; ele te cura, só para depois ter o prazer de te ver se autodestruir e eu acabei de me deixar destruir por ele."
 A convivência entre Quinn e James, vai aflorando aquela fase menina moça, infelizmente ela  vai aprender da pior forma possível que o amor é lindo e como pode ser arrasador.
"Eu estava me conhecendo ainda, estava conhecendo todas aquelas sensações e não queria pressioná-lo a me dizer o que estava realmente acontecendo entre nós, se era passageiro e amanhã ele me daria as costas, ou se ele poderia me corresponder. Não queria parecer uma “criança”, como ele mesmo já me julgara, não queria fazer birra nem manha, queria me sentir autossuficiente para elevar aquele sentimento se ele o quisesse também."

A história e contada pelo ponto de vista de Quinn. Por muitas vezes veremos Quinn tão angustiada, mesmo sabendo ser errado apaixonar se pelo professor. Quem manda no coração?


Eu estou até agora, querendo saber se teremos continuação..... Quero saber o quanto  Quinn amadureceu.  Com uma escrita bastante envolvente Amanda Maia, nos conta essa história nada clichê, com muitas reviravoltas, mistérios ocultos, e  prepare-se a emoção rola solta por aqui.
Beijos Carinhosos,
Dani S2

quinta-feira, 6 de julho de 2017

RESENHA: O NAVIO DAS NOIVAS







O NAVIO DAS NOIVAS
"A Segunda Guerra Mundial acabou, e jovens esposas começam a buscar formas de reencontrar os homens com quem se casaram durante o conflito. Em Sydney, Austrália, quatro mulheres com personalidades únicas embarcam em uma extraordinária viagem a bordo do HMS Victoria, um porta-aviões que as levará, junto de outras mais de seiscentas noivas, além de armas, aeronaves e mil oficiais da Marinha, até a distante Inglaterra. As regras no navio são rígidas, mas o destino que reuniu todos ali, homens e mulheres atravessando mares, será implacável ao entrelaçar e modificar para sempre suas vidas."

Jennifer e sua avó, estão na India em um lugar que desmonta navios velhos enferrujados que viraram sucatas. E a Senhora depara-se com o navio Victória. E lhe desperta muitas lembranças.
Seiscentos e cinquenta mulheres embarcaram a bordo do Victórios um porta aviões, seguiram viagem por mais ou menos 6 semanas, junto com a tripulação, marinheiros e Comandantes.
Todas elas estavam em busca de encontrarem seus respectivos maridos e viverem as melhores historias de amor.
"Nunca nos contam que não ficamos só com o vazio da perda, mas também com uma infinidade de perguntas que jamais serão respondidas."
Entre esse bando de mulheres estavam, Avice, Frances, Margaret e Jean, todas com personalidade completamente diferente da outra, mas todas com o mesmo objetivo. Elas dividiam o mesmo quarto, um espaço muito apertado.
A bordo do navio, elas tinham que seguir muitas regras, e para não ficarem tão entediadas, lá eles produziram varias entretenimentos para elas, palestras, concursos, atividades manuais e também trocavam cartas com seus familiares.
 
“As únicas pessoas que têm todas as respostas são as que nunca se defrontaram com as perguntas.”
Avice tem 21 anos, muito mimada e egoísta cheia de caprichos e preconceitos.
Jean, tem 16 anos, uma verdadeira criança vem de uma família humilde, não sabe ler e sofre por não ter recebido muito amor de sua mãe.
Margaret, é muito simpática, querida, alegre e esta  grávida, sente-se culpada por ter deixado toda  sua família para traz na fazenda.
Frances, é enfermeira de guerra, muito batalhadora e prestativa, porem parece guardar segredos.
Será que durante essas seis semanas juntas elas formarão amizade verdadeira?
Inicialmente não conseguia me apegar a história e muito menos as personagens, já que a narrativa se arrasta um pouco, não vou dizer que não gostei, mas também não amei...rsrs Entende? Mas não fluiu exatamente como eu esperava. Aos poucos fui me apegando as personagens e foi impossível não torcer por essas guerreiras.
O que foi interessante é que o livro foi baseado em uma história real.

Beijos Carinhosos,
Dani S2