terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

RESENHA: LAÇOS INSEPARÁVEIS




LAÇOS INSEPARÁVEIS
 
Sinopse: Marian Caldwell é uma produtora de televisão de 36 anos que vive seu sonho na cidade de Nova York. Com uma carreira promissora e um relacionamento estável, ela convence todos, até si mesma, de que a vida esta do jeito que ela quer.
No entanto, certa Noite, Marian atende a porta... e encontra Kirby Rose, uma garota de 18 anos com a chave para o passado que Marian pensava ter resolvido para sempre. Desde o momento que kirby aparece em sua porta, o mundo perfeitamente construído por Marian e sua real identidade é investigado até o fim, fazendo ressurgir fantasmas e memórias de uma paixão adolescente que ameaça tudo que a define.

 Marian Caldwell, 36 anos, uma bela e bem sucedida produtora de TV, que mora em Nova York, Namorada de Peter (dono da rede de televisão).
 " Eu sabia exatamente o que queria - quem eu queria - e acreditava que poderia chegar lá através de puro esforço e determinação, do mesmo modo como tinha, obstinadamente, ido atrás da minha carreira na televisão."


Quando mais jovem foi criada dentro de uma educação totalmente rígida.  até que em uma festa ela conheceu.... Conrad, um jovem rebelde do tipo que arrebata o coração da garotas. Em um momento de luxuria e loucura acontece o inevitável. E desse amor todo surgiu um fruto.
 
"Apesar de tudo, naqueles momentos ofegantes e suados, nunca imaginei o que aconteceria a seguir. Nunca imaginei que aquilo seria algo além de um momento na minha vida. Uma história da minha juventude. Um capitulo daquele verão. Uma onda de calor com começo, meio e fim definitivo.”

Kirby Rose, está prestes a completar seus  18 anos, Kirby foi adotada quando ainda era bebê hoje tornou se uma adolescente problemática, que reconhece ter  uma ótima família, mas no momento  não esta conseguindo encontrar-se em lugar algum.  Depois de muito pensar decidiu ir atrás da sua família biológica, para talvez encontrar algumas respostas para as perguntas que ela se fizera ao longo de sua vida. 
Tudo estava indo bem, na vida de Marian exceto o tal pedido de casamento que esta difícil de Peter fazer.  Marian só não contava é que o passado batesse a sua porta, com a exposição de um segredo que ela acreditava estar bem guardado.

''Você pode correr, mas não pode se esconder''


Kirby bate em sua porta, e ela descobre que seu passado não poderia ser jogado de lado.
Mãe e filha se veem frente a frente, travando uma batalha interna e tentando quebrar o gelo de 18 anos de separação.
“ Eu só... precisava te conhecer...eu sentia que... tinha uma coisa faltando... você entende... não saber... de onde eu vim e essas coisas...”


E quando Kirby aparece na vida de Marian tudo no mundo de ambas se transforma.  

"A sensação de ir embora, mesmo quando você não quer. 
A sensação de que às vezes as coisas não podem ser consertadas."

Marian e Kirby decidem encontrar o pai biológico – Conrad Knight, que desconhece a existência da filha levando a uma jornada de amadurecimento e compreensão.
 
''Quando o amor é verdadeiro, nem o tempo é capaz de apagar suas origens''
  
Emily Giffin,  trata sobre assuntos bem delicados, como o aborto e a adoção, e ainda fala como uma mentira pode arruinar vidas,  neste caso da própria Marian.
E que as vezes temos que quebrar à cara para aprender. Que em algum momento da sua vida, você vai fazer escolhas erradas. E que talvez não se possa mais concerta-las
Beijos Carinhosos,
Dani S2

Um comentário: