quinta-feira, 6 de julho de 2017

RESENHA: UMA JANELA PARA O CÉU



UMA JANELA PARA O CÉU
Julyana Barocci é o perfeito retrato da mulher contemporânea: ela é determinada, bem-sucedida e tem o emprego dos sonhos. Agora, aos 35 anos, percebe que conquistou tudo o que queria. Bem, quase tudo. Quando o assunto é relacionamentos, o retrato não é tão fiel assim.
Em Uma janela para o céu, Julyana narra com bom humor suas aventuras e inseguranças na busca por seu par ideal. Com o súbito aparecimento de seu pai desconhecido, ela descobre os fatos que a fizeram se separar do único namorado a quem amou de verdade – e de quem ficou separada por vinte anos.
Essa visitinha do passado veio para esclarecer questões mal-resolvidas ou para complicar a vida de Julyana de vez?

July 35 anos solteirona, como ela mesmo diz, uma mulher linda, trabalha como cronista na revista MagicWomen, só que nesse exato momento esta passando por uma crise existencial....ha há há. Com medo de envelhecer e além disso não consegue alavancar nenhum relacionamento.
Seu sonho era ser escritora mas, sua mãe e padrasto não aprovaram a ideia e acabaram mandando ela para Terapia, achando que ela estava com  os parafusos soltos.

“Opte por aquilo que te faz vibrar”

Julyana, foi fruto de um relacionamento na época do Carnaval, sua Mãe Esther e Romeu seu pai biológico se conheceram na praia, Romeu socorreu Esther num momento bem tenso, quando a parte do seu biquíni foi levado pelo mar. Ele muito gentil, emprestou lhe uma camiseta, ai que começa essa romance de dois dias. rsrs
Depois de longos 35 anos, ela reencontra seu pai, na verdade ele aparece no seu serviço e acaba contando uma historia totalmente diferente do que todos a sua volta contavam, inclusive falando que seu pai não era brasileiro.

“A vida passa rápido demais, por isso é importante sonhar, errar, acreditar e amar, em todas as fases. Estou com 35 anos e sinto que perdi muita coisa.”

De volta a Nepomuceno cidade do interior de Minas, onde nasceu e foi criada agora ninguém mais segura Julyana ela precisa resolver essa historia mal contada e vai em busca de novas respostas, que só sua mãe poderá lhe dar.


“A dor nos faz chorar, sofrer e, às vezes, nos faz querer parar de viver até que algo surja e nos convide à vida de novo.”

Com toda essa reviravolta em seu passado, ela acaba descobrindo muitas mentiras e omissões, coisas pela qual ela não estava preparada para ouvir.

“Até que ponto os pais podem interferir na vida dos filhos”

Sua mãe com a intenção de protegê-la acabou afastando July, do seu pai e do grande amor da adolescência, July começa á montar o quebra cabeça e resolve ir em busca do seu antigo amor Lucas, para esclarecer alguns pontos e quem sabe retomar de onde haviam parado. Para que isso aconteça ela conta com ajuda das suas melhores amiga, Paola e Alice, que vão trocando mensagens por wattsapp no decorrer da viagem para Califórnia onde Luke esta. Será que a chama desse amor ainda estará acesa?

“Mulheres confiantes não se sentem sozinhas, pois enxergam os anseios sob as próprias perspectivas.”

Gente, eu dei muitas risadas com esse livro, a própria July, fazendo graça da vida..... Foi muito bom poder acompanhar a July, e ver como ela amadureceu e começou a enxergar a vida com outros olhos.
E a amizade das três é a coisa mais linda de se ver, que apoio elas deram para July.
Esse é o primeiro livro da autora Marina Machado, A história é muito fofa, com muito humor, romance e uma pitada de drama. Sem falar que a capa é maravilhosa, Parabéns a Novo Século arrasaram. 
Agradeço a autora pela oportunidade e Confiança. Desejo Sucesso Sempre!

Beijos Carinhosos,
Dani S2

Nenhum comentário:

Postar um comentário